“Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá…O Senhor firma os passos de um homem, quando a conduta deste o agrada; ainda que tropece, não cairá, pois o Senhor o toma pela mão.”
‭‭Salmos‬ ‭37:5, 23-24‬ ‭NVI‬‬

Uma mãe me disse que ela e o seu marido tomaram a decisão de educar seus filhos em casa.  Ela quer fazer, ela acha que é a decisão certa para a família deles, que é a vontade de Deus.  Mas ela tem dúvidas, perguntas e até preocupações.  Talvez você também tenha.

IMG_8750

Será que vou conseguir dar conta da casa, do almoço, de lavar a roupa, e depois de tudo isto, também educar os filhos?  Será que vou falhar?  Será que a casa vai cair em ruínas?

Deixe-me compartilhar com você algumas palavras de encorajamento:

  • Se Deus chama, Ele capacita.  Entregue o seu caminho ao Senhor.  Você experimentará (de novo) que Deus abençoa a fidelidade.
  • Educação em casa vai mudar a sua vida completamente.  Para o bem! Você vai aprender a priorizar o que realmente importa.
  • Vai ter ocasiões quando você não vai conseguir dar conta de tudo, pelo menos não do jeito que você queria. Isto acontecerá especialmente no início, e também em momentos tais como  uma gravidez difícil, ou uma mudança de casa.  Mas você vai aprender como lidar com isso.
  • Você vai aprender humildade, porque vai reparar o quanto você precisa da ajuda de outros.  Terá que aprender a aceitar ajuda quando alguém oferecer: seu esposo, seus filhos, sua mãe, uma amiga, uma irmã da igreja. Ou talvez você tenha que pedir a ajuda deles.
  • Vai ter que pedir ajuda a Deus, que vai melhorar sua vida de oração. Eu me lembro como, quando estava grávida e me faltou paciência, eu precisava correr para o meu quarto para orar, duas ou três vezes numa manhã só. (E talvez chorar um pouquinho, e respirar fundo.)
  • Seus filhos vão crescer aprendendo que fazer parte de uma família significa contribuir para o bem da família. Eles precisam aprender que cada um deve ajudar no trabalho da casa. Vão aprender a lavar louça, roupa e o banheiro. Podem aprender a cozinhar.   Nossas filhas de 12 e 15 anos ficam responsáveis pelo almoço uma vez por semana- planejar, cozinhar, e lavar a louça depois. Nosso pequeno filho, de 6 anos, tem a responsabilidade de verificar todos os dias se os banheiros estão com papel higiênico suficiente. Nossa filha de 2 anos já está começando a ajudar a tirar a mesa.  Em todas as refeições, todos os nossos filhos ajudam a pôr a mesa, tirar a mesa, lavar a louça, e varrer. Eu os ajudo quando posso😊, mas normalmente depois do almoço e jantar, eu tomo chá com o meu marido enquanto os nossos filhos arrumam a cozinha.
  • Achar um equilíbrio e gerenciar as muitas responsabilidades e tarefas diferentes, vai se tornar menos difícil e mais natural na medida que você vai acumulando mais experiência neste novo estilo de vida. A vida de educação em família debaixo da graça de Deus é uma grande bênção!

Como o autor Chaim Potok escreveu, “All beginnings are hard”, mas, como diz o Salmista, ainda que tropece, não cairá, pois o Senhor lhe toma pela mão.