A educação é uma atmosfera

 

“Eu simplesmente não sei o que fazer com meu filho”, Evelyn confidenciou. “Estamos constantemente batendo de frente, o que nos leva a uma competição de gritos e acabamos saindo da sala. É de admirar que cheguemos a concluir alguma tarefa!”

Evelyn encontraria ajuda no conselho de Charlotte, de que “A educação é uma atmosfera.” Todos nós sabemos como a atmosfera da casa pode afetar o nosso dia de tarefas escolares. No caso de Evelyn, uma atmosfera de conflito está prevalecendo.

O fato é que muito do que uma criança aprende, ela aprende assistindo e ouvindo aqueles ao seu redor. Lembra-se do ditado: “Mais coisas são apreendidas do que aprendidas”? As ideias que regem a sua vida como pai vão contagiar seu filho.

Portanto, a pergunta que não quer calar: “Que ideias governam sua vida?” O seu filho está aprendendo que a raiva é a maneira de responder ao conflito, ou ele está imerso em uma atmosfera de pacificação? Ele está sendo educado na “arte” da preocupação e da ansiedade, ou ele está aprendendo a confiar no Senhor, mesmo nas pequenas coisas da vida? Será que ele pensa que o aprendizado acaba quando se adquire o diploma, ou ele está vendo o seu desejo e amor por aprender como um adulto?

É fácil se prender à leitura, escrita e aritmética e esquecer que os nossos filhos estão nos observando dia após dia. Agora, eu não acredito que Charlotte desejava jogar a culpa sobre os pais, afirmando que a educação é uma atmosfera. Ela só queria ter certeza de que perceberíamos que as ideias que governam nossas vidas desempenham um grande papel no que nossas crianças aprendem de nós. A verdade é que todos nós precisamos deste lembrete gentil, com bastante frequência, nos empurrando de volta para caminho certo.

 

Reproduzido e traduzido com a permissão de Simply Charlotte Mason.

Traduzido por Arielle Pedrosa