6 razões porque eu amo o Método Charlotte Mason (Motivo 2)

Motivo 2: A criança é respeitada como uma pessoa

 

Pense na última vez em que você esteve em um (ou em todos) desses cenários e deixe que eles sejam reproduzidos em sua mente: Você entrou em uma loja e encontrou um vendedor. Você recebeu um telefonema de algum grupo de pesquisa. Você entrou em contato com uma empresa para falar sobre um produto com defeito.

Em cada cenário mencionado, você provavelmente se sentiu de uma ou outra maneira: sendo tratado como uma estatística ou como uma pessoa.

Você sabe a diferença. Você já experimentou.

Charlotte Mason queria que a educação das crianças fosse fundamentada sobre a percepção de seu filho como uma pessoa —tratando-o e respeitando-o como tal.

Esse princípio fundamental foi uma das razões porque fui atraída para o Método Charlotte Mason, e uma das razões porque eu ainda o amo atualmente!

 

Educar uma pessoa

Podemos identificar de pelo menos três maneiras se você está educando seu filho como uma pessoa:

 

  1. Ele recebe uma ampla variedade de assuntos e um banquete de ideias vivas.

Uma criança é muito mais do que uma simples mente. Corpo, alma, espírito; mente, vontade, emoções — tudo isso está incluído nessa pessoa. E devemos respeitar e educar a criança como uma pessoa inteira, não apenas sua mente.

Ela precisa ser incentivada a cantar, a dançar, a criar coisas úteis com as mãos, a sentar e assistir uma formiga, a olhar para uma bela arte, a desfrutar do jogo de palavras em uma poesia, a trabalhar na conquista de um novo hábito, a sentar com um compositor e examinar sua música, a se colocar no lugar de um inventor ou pioneiro ao ler sua história, a apreciar a beleza e a verdade da matemática, a comunicar seus próprios pensamentos para seus semelhantes.

Educar uma pessoa é muito mais do que memorizar e regurgitar informações.

 

  1. As ideias dele são consideradas importantes.

Se você parar para pensar sobre os momentos em que você se sentiu respeitado como pessoa, verá que foram provavelmente momentos em que alguém ouviu atentamente aos seus pensamentos e considerou seus sentimentos.

Ouvir seu filho dizer o que ele sabe é uma parte importante de sua educação como pessoa. Ele precisa ter oportunidade de compartilhar o que está aprendendo, em vez de ser obrigado a adivinhar o que o professor está pensando ou reter apenas algumas pitadas de informações que outros consideram mais dignas de sua atenção. Guie-o, sim. Desafie-o, é claro. Mas não limite-o a pensar apenas o que os outros dizem para pensar.

Educar uma pessoa é muito mais do que aderir às respostas-chave de alguma outra pessoa.

 

  1. Ele tem liberdade para crescer em seu próprio ritmo.

Pessoas são criações complicadas. Nós temos algumas coisas em comum, mas cada pessoa é única. Essa verdade tem de permear a sua abordagem de educação também.

Ele precisa de liberdade e flexibilidade para crescer em seu próprio ritmo. Diferentes aspectos de sua aprendizagem e vida vão progredir em diferentes níveis; ele precisa da certeza de que tal irregularidade é perfeitamente natural. Esperar que cada pessoa saiba exatamente as mesmas coisas e tenha exatamente os mesmos níveis de proficiência em exatamente as mesmas idades é que é estranho.

Educar uma pessoa é vai muito além do quanto ele sabe em determinada idade.

 

O Método Charlotte Mason é uma abordagem holística que nos encoraja a nutrir cada criança como um indivíduo, e a nos concentrarmos em ajudar cada uma a crescer como pessoa. Essa é a verdadeira educação.

 

Reproduzido e traduzido com a permissão de Simply Charlotte Mason.

Traduzido por Arielle Pedrosa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s